Bresser, nome de famosa rua do bairro paulistano do Brás, cortada pela Rua Visconde de Parnaíba. Nesse local, próximo à Rua Bresser, existe desde meados do século XIX a “Casa do Imigrante”, hoje totalmente preservada e rebatizada “Museu do Imigrante”.

Por ali passou, seguramente, a maior parte de todos os imigrantes europeus que chegavam ao Brasil vindos predominantemente da Itália e da Espanha.

Após a triagem dos recém chegados, os que não seguiam às fazendas de café permaneciam ao redor da “Casa do Imigrante”, pois ali dispunham de alguma infra-estrutura para viver.Com o passar do tempo, os imigrantes que conseguiam se estabelecer iniciaram, sem saber, a colonização desse bairro que, por si só, conta a história do forte desenvolvimento econômico da região e, por conseqüência, da própria cidade de São Paulo.

Suas tradições e costumes foram influenciando o restante da população, que logo se renderia às delícias de sua cozinha, principalmente, a italiana.

Assim era introduzida a mais apreciada iguaria dessa cozinha européia, a “Pizza”. Os novos ristorantes, as tratorias, os bares, as mercearias, enfim, todos os que se dedicavam ao comércio alimentício, trataram de incluir em seu cardápio aquela nova moda.

Nessa rua então, no ano de 1946, em uma de suas bucólicas e pacatas vilas, denominada Vila Judite, nasceu um dos idealizadores da “Mercearia Bresser”.

Freqüentando essas casas e convivendo com esses povos, ouvindo suas aventuras, histórias e sonhos, iniciou o aprendizado dos segredos do preparo da pizza, sempre acreditando que um dia seria o principal prato servido aos paulistanos. Só não previa esse estrondoso sucesso, extrapolando não só o bairro do Brás, como a cidade de São Paulo e os demais estados do Brasil.

Adequando-se aos novos tempos, esse pioneiro que participa ativamente do corpo diretivo da “Mercearia Bresser”, em homenagem aos curitibanos, apreciadores por excelência da boa mesa, decide fundar a primeira casa na cidade de Curitiba. Exatamente na Avenida Sete de Setembro, caminho natural das caravanas de tropeiros quando cruzavam Curitiba, transportando o gado desde o Rio Grande do Sul até a baixada paulista e os campos de Minas Gerais. Essas comitivas impulsionaram o comércio da região, tornando Curitiba a sede da Comarca em 1812.

Contando deste modo um pouco da origem do nome “Mercearia Bresser”, sua integração com a cidade de Curitiba e a Avenida Sete de Setembro, esperamos brindar os nossos clientes sempre com os melhores e mais exclusivos ingredientes, em um ambiente que reproduz fielmente os armazéns e mercearias do Brás antigo, convidando-os a saborear a tradicional pizza paulistana.

 

 

 
j